Ematerce e Cooperativa firmam Termo de Compromisso com Fundação Banco do Brasil

29 de junho de 2020 - 20:17 #

Aécio Santiago - aecio.santiago@ematerce.ce.gov.br

Na manhã da última sexta-feira (26), em reunião por videio conferência (foto abaixo), a diretoria da Ematerce e da Coopertativa dos Agricultores e Empreendedores Familiares Rurais do Cariri, sediada em Juazeiro do Norte (Coopaefarc), firmaram o Termo de Compromisso com a Fundação Banco do Brasil (BB), que visa a execução do Programa de Ajuda Humanitária – Covid-19 – Redes de Agroecologia, Agricultores Familiares Pronafianos, através do fornecimento de mais de duas mil cestas básicas para entidades sociais, que atuam no atendimento à crianças, jovens e idosos em situação de vulnerabilidade social, em todo o Estado do Ceará.

Os produtos das cestas serão fornecidos por cooperativas e associações que se habilitaram junto à Ematerce, formando um consórcio de cooperativas para firmar o termo de compromisso. O objetivo do formato do termo de compromisso é fortalecer a intercooperação entre as cooperativas, uma vez que seria inviável a fundação firmar o termo com dezenas de cooperativas simultaneamente.

Além do presidente da Ematerce Antônio Amortim e do diretor técnico Itamar Lemos, participaram, ainda, pela Ematerce gerentes regionais, Sérgio Lima, técnico responsável pelo cadastramento das cooperativas, Elcicleide Nogueira, técnica auxiliar em Desenvolvimento Social da Ematerce, o engenheiro agrônomo Francisco Elder Cruz, o gerente regional Cariri Central e Oeste Francisco Lóssio, Sérgio Linhares, gerente Juazeiro do Norte, o engenheiro agrônomo Francisco Romão e Francisco Tarcísio Dantas, técnico em Agropecuária.

Pelas cooperativas, estiveram presentes na conferência virtual a advogada da Coopafesp Rafaelle Marcos do Vale Lima e a presidente Carmem Maria Marcos do Vale, Aiton Aloisio Kern, da Cooperfam, o presidente da Coopafc Tadeu Matos Freitas, a presidente da Coopasa, Ana Amália da Silva, o presidente da Coopaefarc, Francisco Ferreira Brito e o assessor parlamentar do senador Eduardo Girão, Thiago Almeida, articulador junto ao Governo Federal e Fundação BB com o objetivo da liberação dos recursos no valor de R$300mil para execução do projeto.

Entre as 23 entidades que serão beneficiadas com as cestas básicas estão o Projeto Verde Vida (Crato), Associação de Reciclagem (Crato), Grupo Espírita Casa da Sopa (Fortaleza), Associação dos Pequenos Produtores Rurais (Tabuleiro do Norte), Pastoral da Criança (Santana do Acaraú), Projeto Vida Saudável (Maranguape), associações de produtores de Pindoretama e Capistrano.

Cestas Básicas

As cestas (foto abaixo) serão compostas por uma grande variedade de frutas, legumes, além de kit´s de higiene e limpeza e de prevenção contra a Covid-19 como máscaras, álcool gel, toucas e luvas. Para o presidente Antônio Amorim, a iniciativa da Fundação Banco do Brasil é mais um reforço no atendimento às famílias mais carentes neste momento de pandemia em que a produção rural e a economia como um todo estão se adaptando aos novos desafios com a crise de saúde pública. “Além disso, teremos beneficiados centenas de agricultores familiares, que estão num esforço coletivo para manter uma parte da renda e não desperdiçar os alimentos”, explica Amorim.

A expectativa agora é com o fechamento do calendário de entregas das cestas para as instituições. A previsão é de que no dia 6 de julho, a partir do aporte dos recursos para as cooperativas, seja apresentado o calendário de entrega das cestas com as instituições e os respectivos municípios.